Go back 11.11.2001

Fiat Doblò: personalidade, espaço, versatilidade e segurança para todos os usos


A Fiat lança o primeiro veículo “multivan” nacional, o Fiat Doblò. O novo modelo da Fiat concilia espaço interno, conforto, segurança, versatilidade, funcionalidade, robustez e forte personalidade. E tudo isso com excelente qualidade de vida a bordo.


E mais: o Fiat Doblò é o único veículo com sete lugares de seu segmento. Com isso, além de ser o primeiro modelo nacional de sua categoria, é também o primeiro a oferecer mais dois bancos na traseira. Assim, o amigo da família ou a carona inesperada sempre terá, sem apertos, um lugar garantido no Fiat Doblò.


O novo modelo da Fiat possui, ao mesmo tempo, características de station wagon, sedã, monovolume e furgão. Quem quer um veículo para uso diário, cumprindo tarefas cotidianas na cidade, ficará plenamente satisfeito. Quem deseja viajar com a família ou com os amigos, ou simplesmente curtir os finais de semana, encontrará no Fiat Doblò o companheiro ideal para todos os momentos. E quem precisa de um veículo robusto, prático e valente para transportar cargas terá nele a solução perfeita para as suas exigências: o Fiat Doblò Cargo.


O Fiat Doblò chega ao mercado com uma gama bem completa. São seis versões de carroceria, duas motorizações (Fire 1.3 16V e Torque 1.6 16V “Corsa Lunga”) e uma ampla oferta de equipamentos de série e opcionais. Existe um Fiat Doblò sob medida para cada tipo de utilização. Veja quais são as versões de carroceria do Fiat Doblò:


Passageiro (quatro versões):
• 5 lugares com uma porta lateral
• 5 lugares com  duas portas laterais
• 7 lugares com uma porta lateral
• 7 lugares com duas portas laterais


Cargo (duas versões):
• Com uma porta lateral
• Com duas portas laterais


Mas não importa qual seja o Fiat Doblò escolhido, algumas características sempre estarão presentes:


• Personalidade. As linhas da nova multivan são originais e inconfundíveis, identificando-a em qualquer lugar. Transpiram robustez – lembrando até um sport-utility –, força, caráter e jovialidade.


• Espaço. O amplo espaço interno acolhe passageiros de qualquer estatura com absoluto conforto. E a grande capacidade do compartimento de bagagem leva seus pertences sem apertos, permitindo arrumar e organizá-los com facilidade.


• Versatilidade. O Fiat Doblò para passageiros pode ser configurado para diferentes necessidades. Dois exemplos: pode-se optar por uma segunda porta deslizante lateral, tornando o acesso a ele ainda mais cômodo; e dois bancos suplementares na traseira permitem que o veículo leve sete pessoas. O Fiat Doblò é o único modelo de sua categoria a oferecer essa possibilidade.


• Segurança Todos os conceitos de segurança preventiva, ativa e passiva mais modernos estão presentes no Fiat Doblò desde a concepção de seu projeto. O modelo foi aprovado nos testes mais rígidos e cumpre todas as severas normas vigentes na Europa.


O Fiat Doblò é, enfim, o veículo com o qual se pode fazer tudo, e em qualquer lugar, sempre com ótima qualidade de vida a bordo.


Um novo mercado


O segmento de mercado que o Fiat Doblò de passageiros disputa é bastante recente. Nasceu na Europa em 1996 e vem registrando significativos aumentos de vendas anualmente. Só no ano passado, o segmento cresceu sete vezes na Itália e quatro vezes na Europa.


Este novo segmento de mercado, denominado “P”, traz um novo design e um novo conceito de funcionalidade, no qual conforto e segurança para os ocupantes passaram  a ser prioridade absoluta.


Se antes os grandes MPVs – veículos monovolume multifuncionais – imperavam quando se tratava do transporte de pessoas, agora os pequenos MPVs disputam com eles cada centímetro do mercado. Com vantagens: custam bem menos; são mais compactos e, portanto, mais adequados ao trânsito das grandes cidades e às apertadas vagas de estacionamento; e por serem mais leves, podem ter motores de menor cilindrada, significando maior economia.


Para quem analisa as multivans compactas, racionalidade e praticidade são os principais fatores motivadores de compra. O consumidor que adquire um modelo do segmento considera, sobretudo, a versatilidade de utilização, o espaço interno, a dirigibilidade e a segurança dos ocupantes. Ele procura, antes de mais nada, um veículo que facilite a sua vida.


Mas nem por isso a emoção fica de fora: o design original, a qualidade de vida a bordo, o prazer de dirigir e a marcante personalidade de um veículo multiuso compacto falam ao coração de quem quer se destacar em meio à multidão, de quem tem um estilo de vida dinâmico e moderno, de quem tem espírito jovem – e de quem procura um parceiro especial para acompanhá-lo a cada minuto do dia.


PRODUÇÃO EM BETIM


O Fiat Doblò é o primeiro modelo multivan fabricado no país. Produzido na fábrica da Fiat Automóveis em Betim, MG, abastecerá o mercado nacional e será exportado para a América Latina a partir de 2002.


O Brasil é o segundo pólo produtivo do Fiat Doblò. O modelo é produzido na Turquia desde novembro de 2000, para abastecer todo o mercado europeu.


Estilo com muita personalidade


O que primeiro chama a atenção no Fiat Doblò são os contornos robustos, que lembram um sport-utility. Mas um sport-utility singular: suas linhas são arredondadas, de ar quase retrô mas, ao mesmo tempo, extremamente arrojadas e plenas de personalidade. A carroceria do Fiat Doblò nasceu ao redor dos ocupantes, sua bagagem e suas necessidades de espaço e conforto. Em volta dessas pessoas criou-se um invólucro atraente, seguro e dinâmico, através do qual elas vêem o mundo e interagem com ele. Funcional mas sem deixar de lado a originalidade, o estilo do Fiat Doblò transmite uma nova maneira de vivenciar automóveis: protetor e ao mesmo tempo aberto para o exterior, forte e ao mesmo tempo acolhedor, informal, alegre e simpático.


Esse novo modo de interagir com o automóvel começa na dianteira. Ela tem um aspecto forte e vigoroso, lembrando realmente um sport-utility. O capô alto, com ranhuras que partem do contorno interno dos faróis para se fundir à moldura do enorme pára-brisa, e os grandes espelhos retrovisores firmemente fincados à carroceria por duas barras dão à dianteira do Fiat Doblò um ar agressivo, que o faz parecer capaz de abrir caminho em qualquer lugar.


Destaque para o pára-choque envolvente na cor da carroceria, cujas linhas levaram em conta também a segurança de pedestres e ciclistas, e para a robusta grade do radiador em plástico – que ostenta a nova logomarca Fiat na parte superior.


A barra de plástico que contorna a dianteira é uma espécie de bull-bar. Ao entrecortar a grade do radiador e os faróis, reforça a impressão de robustez e energia do Fiat Doblò. Esse original detalhe de design parece dividir os faróis em duas partes: acima da barra, os faróis alto e baixo; abaixo dela, o farol de neblina e a luz de direção.


Mas os faróis, na verdade, são monocorpo. As lentes de policarbonato (à prova de arranhões) permitem ver as parábolas em seu interior, e sua superfície é marcada por linhas horizontais paralelas que se estendem às molduras escuras. Essa conformação faz com que os faróis pareçam ainda mais brilhantes e envolventes.


Funcionalidade e design têm seu ponto alto no pára-brisa amplo e quase vertical. Ele proporciona visibilidade excepcional – das melhores da categoria –, contribuindo, evidentemente, para a segurança dos ocupantes e criando um habitáculo claro e luminoso. Mas há mais: sua inserção quase reta permitiu a adoção de um painel de instrumentos menos volumoso e mais prático (em substituição ao painel profundo que tende a aquecer o habitáculo e desperdiça espaço), além de dar ao Fiat Doblò uma cara decidida e torná-lo mais aerodinâmico. As linhas curvas que ancoram o pára-brisa ao teto dão ao veículo uma “testa alta” que resultou no coeficiente aerodinâmico (Cx) de 0,32 – muito bom para um modelo desse segmento.


Olhando a lateral, é possível entender por que. A linha do pára-brisa forma um perfil curvo em direção ao teto muito alto (resultando em maior conforto para os ocupantes) e praticamente reto que se une à traseira em um ângulo de 90 graus.


A harmoniosa e criativa combinação de curvas e retas na lateral reforça o aspecto de robustez, solidez e espaço do Fiat Doblò. A começar pela “cinta de proteção” – uma extensão visual do parrudo pára-choque –, que aparece na lateral como um friso protetor preto (versão ELX) e também na guia de deslizamento da porta lateral, posicionada logo abaixo do terceiro vidro traseiro.


Outros detalhes estilísticos que marcam a lateral são as nervuras sobre as caixas de roda. Paralelas, a da frente aparece quase como um traço para “quebrar” a superfície do pára-lama, enquanto a de trás contorna a roda para em seguida ficar paralela à linha do pára-choque e à guia de deslizamento da porta lateral. Um jogo geométrico que dá ao Fiat Doblò um aspecto dinâmico.


Reforça esse efeito o balanço estilístico entre as superfícies metálicas e envidraçadas. A janela dianteira, imensa, tem quase todos os contornos curvos, seguindo as linhas da carroceria e ampliando a visibilidade lateral – particularmente útil para enxergar o meio-fio e obstáculos baixos em manobras de estacionamento. A segunda e terceira janelas laterais estão alinhadas uma com a outra e com a linha do teto. Retangulares mas de cantos arredondados, dão ritmo à lateral. Sua função é conferir mais luminosidade ao habitáculo, criando um espaço claro e arejado que aumenta a sensação de bem-estar dos ocupantes.


Todos esses elementos têm continuidade na traseira, o que resulta em um todo coerente, harmonioso e bem-resolvido – além de supreendente. A “cinta de proteção” que circunda todo o veículo termina em um saliente pára-choque, projetado não só para absorver impactos, mas também para facilitar a carga e descarga de bagagem e objetos do porta-malas. Para tanto, possui superfície superior antiderrapante: pode-se subir nele, como em um degrau, para arrumar o conteúdo do porta-malas.


Dando unidade visual às janelas laterais e ao vidro traseiro, duas molduras verticais em plástico preto eliminam os cantos vivos, causando a impressão de haver uma única grande janela panorâmica em vez de superfícies envidraçadas menores. Assim, a lateral flui em direção à traseira, formando um conjunto harmonioso. Sem contar que a visibilidade traseira é excepcional.


Nas molduras verticais estão encaixados os elegantes grupos ópticos que contornam a porta traseira. Colocados no alto para diminuir o risco de danos em pequenos choques e aumentar a visibilidade para quem vem atrás, são curvos no contorno externo e retos no interno – de novo, o criativo jogo geométrico que caracteriza o Fiat Doblò foi utilizado a serviço da função e da estética.


Os grupos ópticos são transparentes no centro (luz de ré). Nas extremidades superior e inferior possuem uma superfície vermelha facetada – respectivamente luz de freio e lanterna – que cria sugestivos jogos de cor e luz. Acima da luz de ré foi posicionado o pisca amarelo.


Entre as duas molduras verticais insere-se a porta traseira, totalmente vertical. Dependendo da conformação interna do veículo, ela pode ser de dois tipos. No Fiat Doblò para cinco ocupantes a porta é basculante, abrindo-se para cima (protegendo da chuva quem estiver carregando ou descarregando o veículo). No Fiat Doblò para sete ocupantes – opcional tanto na versão EX quanto na ELX – e na versão para carga a porta é assimétrica, abrindo-se para os lados com uma divisão de 2/3 (lado do motorista, para oferecer melhor visibilidade) e 1/3, facilitando o acesso dos dois passageiros de trás.


Em ambos os casos, a porta foi projetada tendo em vista a ergonomia e a praticidade: a soleira fica na altura do pára-choque, facilitando o acesso ao porta-malas sem necessidade de contorcionismos para carregar, descarregar ou ordenar os objetos acondicionados no compartimento de bagagem.


A maçaneta da porta traseira basculante é oval, um pouco diferente das demais e similar à de um automóvel de passeio. A placa de licença fica no centro, ao alto, logo abaixo do limpador do vidro traseiro. Abaixo dela, uma nervura na lataria dá continuidade estética às nervuras da lateral. Já a maçaneta da porta traseira assimétrica é redonda como as das portas laterais, e a placa de licença foi posicionada abaixo dela, à esquerda, na folha maior.


Um interior prático e acolhedor


Ao entrar no Fiat Doblò, o que primeiro encanta é a sensação de amplidão. Ele é muito maior por dentro do que por fora – imagine um veículo de apenas 4,159 metros de comprimento e 1,714 m de largura cujo habitáculo parece três vezes maior do que essas medidas –, e o aproveitamento de espaço extremamente inteligente e racional o faz crescer ainda mais. O teto alto, os bancos generosos, o enorme vão para as pernas, o vasto compartimento de bagagem e as cores e texturas que forram o habitáculo transmitem uma impressão de grande conforto e aconchego – como se estivéssemos em casa.


Basta começar a conviver com o Fiat Doblò para confirmar as primeiras impressões. Ele realmente é espaçoso. Que o digam pessoas altas, capazes de se acomodar com todo o conforto no banco traseiro. Nada de bater a cabeça, roçar os ombros ou terminar com os joelhos comprimidos contra o encosto do banco dianteiro. Que o digam cinco ocupantes, todos comodamente alojados no habitáculo – enquanto sua bagagem viaja folgadamente acondicionada no porta-malas. Aliás, para cada um dos ocupantes o Fiat Doblò pode levar 35 quilos de bagagem.


O acesso de todos os ocupantes ao habitáculo não poderia ser mais fácil. A posição dos bancos ajuda: eles ficam a uma cômoda altura do solo (67 centímetros para os dianteiros e 73 cm para o traseiro), dispensando apoios ou degraus para entrar no veículo. Para os ocupantes de trás, a grande porta deslizante lateral – ela tem nada menos do que 64,5 cm de largura – torna o acesso ao Fiat Doblò absolutamente confortável.


O espaço concebido para acomodar os ocupantes é um primor. O acabamento bem-cuidado, os tecidos de revestimento em tons suaves e texturas macias, os elegantes materiais empregados no habitáculo, os diversos porta-objetos colocados em pontos estratégicos, tudo cria uma sensação de bem-estar. Some-se a isso a visibilidade panorâmica – tanto do motorista quanto dos passageiros de trás, cujo banco é elevado seis centímetros em relação aos bancos dianteiros –, e a luminosidade do habitáculo, e o que temos é total tranqüilidade.


Medições e números comprovam os atributos do Fiat Doblò. Para se ter uma idéia, a altura do ponto “H” (articulação do quadril, a posição natural de uma pessoa sentada) ao teto é de 115 centímetros para quem vai na frente e de 110 cm para os passageiros traseiros. O espaço para os ombros dos ocupantes dianteiros é de 145 cm; atrás é de 150 cm. Se números não permitem visualizar o espaço, basta saber que ninguém bate a cabeça ou as pernas no encosto do banco da frente. Mesmo quem tem mais de 1,90 metro de altura ficará muito bem acomodado.


O vasto porta-malas do Fiat Doblò acomoda 750 litros – e isso até a altura dos vidros. Não só é o maior compartimento de bagagem do segmento, como é o mais inteligente: o assoalho perfeitamente plano permite o total aproveitamento do espaço, e ele fica a apenas 53 centímetros do solo, tornando a operação de carregar e descarregar o veículo fácil e cômoda mesmo que haja objetos pesados para manipular.


Mas privilegiado mesmo é o motorista – e não somente por desfrutar do prazer de dirigir o Fiat Doblò. Para ele foi criado um verdadeiro arsenal de recursos para ampliar o conforto, do câmbio integrado ao painel aos comandos ordenados de forma lógica no console. Eis os principais elementos feitos especialmente para ele:


- Quadro de instrumentos. De leitura analógica, é completo, com velocímetro, indicador gradual de temperatura, indicador gradual do nivel de combustível, hodômetros total e parcial, relógio digital, conta-giros, trip computer e luzes-espia.


O trip computer, ou computador de bordo, está presente em todas as versões do Fiat Doblò. Ele fornece informações importantes acerca de quilometragem percorrida, consumo médio de combustível, velocidade média, autonomia restante e tempo de percurso.


Esse importante e inovador item de série (o Fiat Doblò é o único modelo do segmento que sai com ele de fábrica) existe para facilitar ainda mais a vida do motorista. Com o trip computer, ele obtém dados precisos sobre o seu trajeto e o consumo do veículo, podendo prever com mais exatidão a que horas chegará a seu destino e programar reabastecimentos em percursos onde postos de combustível são escassos.


Os instrumentos proporcionam leitura fácil e imediata. Números e marcadores brancos sobre fundo escuro são grandes e bem visíveis. A iluminação noturna do painel é da cor laranja, que permite à pupila adaptar-se instantaneamente à diferença de luminosidade entre o exterior e o interior.


- Câmbio. Um dos diferenciais mais interessantes e inovadores do Fiat Doblò em relação à concorrência é a alavanca do câmbio. Na base do console, incorporada ao painel, oferece uma posição absolutamente cômoda para trocar as marchas – como se a alavanca fosse uma extensão do braço. Essa disposição, além de aumentar o conforto nas trocas de marchas, não rouba espaço do assoalho (tanto que há, no lugar convencionalmente reservado à alavanca de câmbio, um prático porta-objetos).


- Comandos. Os de uso mais freqüente foram agrupados no console central, onde são alcançados com facilidade e rapidez, sem necessidade de desviar os olhos da estrada. Eles foram dispostos em “margarida” – no centro da qual localiza-se o botão do pisca-alerta. No console estão também os bocais centrais de ventilação e, mais ao alto, o alojamento para o rádio.


As alavancas do limpador de pára-brisa e das luzes de direção ficam junto ao volante e seu acionamento é intuitivo, automático.


- Sistema VE.N.I.C.E. A sigla significa Vehicle Network with Integrated Control Electronics – rede veicular com eletrônica de controle integrado. Trata-se de uma rede CAN (Controller Area Network, arquitetura de rede de computadores) que controla funções distribuídas entre três centrais eletrônicas: body computer, controle motor e quadro de instrumentos. Essa sofisticada engenharia permite que as diversas centralinas fiquem interligadas e troquem informações entre si. Também implica redução de chicotes, terminais e conexões – com diminuição de peso e maior confiabilidade do sistema elétrico.
O sistema VE.N.I.C.E. propicia o incremento de novas funções, gerenciando diversos dispositivos presentes no Fiat Doblò, do sistema de iluminação ao limpador de pára-brisa inteligente. Pequenos detalhes de conforto e segurança que só aumentam o prazer de dirigir.


- Vidros elétricos. De série na versão ELX, o do motorista conta com dispositivo one-touch, para abrir ou fechá-lo com apenas um toque. Os vidros elétricos são temporizados, podendo ser acionados durante dois minutos após o desligamento do motor.


- Lavador de pára-brisa. Comandado pelo sistema VE.N.I.C.E., é inteligente: com um único movimento da alavanca acionam-se o borrifador de água e os limpadores. Os dois funcionam de forma sincronizada – primeiro a água, logo em seguida o limpador, executando três passagens.


- Limpador e lavador de pára-brisa traseiro. De série tanto na versão EX quanto na versão ELX, contribuem para a segurança ao conservar a boa visibilidade mesmo em condições climáticas adversas.


- Luz de cortesia dianteira temporizada. De série no Fiat Doblò ELX (e acompanhando as travas elétricas das portas, opcionais na versão EX), mantém-se acesa durante alguns segundos depois que a porta é aberta ou fechada. Gerenciada pelo sistema VE.N.I.C.E., funciona de três modos diferentes:


• Chave de ignição desligada. Ao abrir a porta, a luz interna permanece acesa por até três minutos se ela não for fechada. Caso a porta seja fechada antes disso, a luz se desliga após aproximadamente oito segundos ou ao se dar a partida no veículo.


• Chave de ignição ligada. A luz de cortesia não obedece ao temporizador: ela se acende quando se abre a porta e se apaga quando a porta é fechada.


• Extração da chave de ignição. Ao tirar a chave do comutador, a luz de cortesia permanece acesa por três minutos se nenhuma porta for aberta. Se uma das portas for aberta e sucessivamente fechada durante esse período, a luz se apagará após cerca de oito segundos.


Versátil como nenhum outro


O veículo se adapta ao usuário, e não vice-versa. Essa foi uma das premissas que nortearam o projeto do Fiat Doblò. Por isso, ele oferece diversos recursos e opções que permitem ao cliente individualizá-lo às suas necessidades – sejam elas o número de passageiros que deseja transportar ou o modo como organiza seus pertences no habitáculo.


- Bancos suplementares. Uma grande novidade que torna o Fiat Doblò totalmente diferente de seus concorrentes – e perfeito para quem tem uma família grande ou muitos amigos – é a opção de se instalarem dois bancos suplementares na traseira para levar sete em vez de cinco pessoas. E com toda a segurança: os dois bancos extras possuem cintos de segurança e apoios de cabeça com regulagem de altura, como todos os demais assentos do veículo. Esse opcional está disponível tanto para a versão EX quanto para a ELX – e o Fiat Doblò é o único modelo da categoria a oferecer esse opcional. Quando há menos ocupantes, basta rebater esses bancos na lateral para dispor de todo o espaço do compartimento de bagagem novamente.


- Porta lateral deslizante do lado esquerdo. Para facilitar ainda mais o entra-e-sai de passageiros do Fiat Doblò, ele oferece a opção de uma porta lateral corrediça também do lado esquerdo. Tanto a versão EX quanto a ELX dispõem da segunda porta como opcional, para agilizar o acesso ao veículo mesmo em vagas de estacionamento apertadas.


- Porta-objetos. Outro aspecto de destaque do Fiat Doblò são os diversos porta-objetos dispostos em todo o habitáculo. Eles não só servem para manter cada coisa em seu lugar (evitando aquela bagunça habitual de guias, mapas e caixas de lenços de papel jogados em qualquer lugar), como organizam e deixam a mão do motorista e dos passageiros tudo de que precisam. Veja onde estão os porta-objetos do Fiat Doblò:


• Sobre o pára-brisa. Um ampla bolsa vazada percorre a largura do pára-brisa junto ao teto. É o lugar perfeito para guardar mapas, guias e pequenos objetos de uso freqüente. Tem borda elevada para evitar que os objetos caiam.


• Entre os ocupantes da frente. Um porta-objetos ocupa o espaço que seria do câmbio se este não fosse integrado ao painel. Também atrás da alavanca de câmbio um prático espaço serve para guardar, por exemplo, um telefone celular.


• Diante do passageiro. Se o veículo não estiver equipado com air-bag, um porta-objetos fica bem à frente do passageiro. Sob ele há um outro menor, sem tampa, e mais abaixo fica o porta-luvas, com tampa.


• Nas portas (versão ELX). Uma prática bolsa dividida em duas partes foi integrada aos painéis das portas. A maior delas acondiciona até uma garrafa de 1,5 litro.


-Banco traseiro. Rebatível, permite ampliar o vão do porta-malas para acomodar até 3.000 litros. Assim, o transporte de objetos maiores fica fácil, comprovando mais uma vez a versatilidade de uso do Fiat Doblò: ele é perfeito para transportar pilhas de coisas para um fim de semana no campo ou carregar pranchas de surfe e bikes para a praia – e para tudo mais que se pensar.


Motores de alto desempenho e baixo consumo


O Fiat Doblò está disponível com dois motores de quatro cilindros e 16 válvulas. Ambos se destacam pela modernidade de sua concepção, pelo excelente desempenho, pela economia de combustível e pela confiabilidade. Sem deixar de lado, evidentemente, o prazer de dirigir. São eles: o motor Fire 1.3 16V e o Torque 1.6 16V “Corsa Lunga”.


MOTOR FIRE 1.3 16V


Este moderno motor já equipa diversas versões da família Palio – e com pleno êxito. Ele se encaixa com perfeição ao Doblò, pois concilia economia e desempenho. Aliás, a chegada do Fiat Doblò equipado com motor 1.3 16V vem preencher uma lacuna existente no segmento. Até agora, o consumidor não dispunha de uma multivan com os atributos do Fiat Doblò (leia-se funcionalidade, amplo espaço interno e versatilidade) e que equilibrasse consumo e desempenho tão bem.

Com 80 cv de potência e 12,0 kgm de torque, o motor Fire 1.3 16V dá ao Fiat Doblò economia e desempenho na dose certa. Veja só: o Fiat Doblò equipado com motor Fire 1.3 16V atinge a velocidade máxima de 148,0 km/h e acelera de 0 a 100 km/h em 16,0 s. Na cidade, roda 11,7 km com um litro de gasolina; na estrada, faz 14,4 km/l.

O motor Fire 1.3 16V possui inovações importantes relacionadas diretamente à dirigibilidade. Trata-se de recursos que não só aumentam o prazer de dirigir, como também influenciam positivamente a eficiência do motor:


- Drive by Wire. Este sistema eletrônico de controle da aceleração aposentou o velho cabo do acelerador. A pressão sobre o pedal do acelerador é transmitida a uma central eletrônica por impulsos elétricos. Essa central gerencia a abertura da borboleta de aceleração de modo progressivo e inteligente, evitando os trancos na aceleração que comumente ocorrem em retomadas ou desacelerações muito rápidas.


- Sensores de freio e embreagem. Colocados, respectivamente, no pedal do freio e no pedal da embreagem, os sensores enviam informações acerca do acionamento e desacionamento dessas funções à central de injeção. Empregando tais dados, a central antecipadamente adequa a injeção às condições ideais de funcionamento do motor no que se refere à aceleração, desaceleração e marcha lenta.

O motor Fire 1.3 16V se destaca no prazer ao dirigir que proporciona, e também em algumas importantes soluções de projeto que conferiram-lhe o equilíbrio ideal entre desempenho e economia. Veja quais são:


- Coletor de admissão em plástico. O emprego deste material resulta em menor rugosidade da parede interna do coletor, o que gera melhor fluidez do ar na fase de admissão. Assim, o enchimento da câmara ocorre de modo mais fácil e uniforme e, conseqüentemente, obtém-se melhor rendimento volumétrico.


- Sub-bloco em alumínio. O componente agrega, em uma só peça, as capas de mancais fixos do eixo virabrequim. Isso confere maior rigidez à estrutura, diminuindo o nível de ruído do sistema.


- Câmara de combustão compacta. Foi possível torná-la compacta devido a uma solução de engenharia: a aproximação das válvulas de admissão e escape, conseguida por meio de um singular sistema de acionamento dos eixos-comando de válvulas. Somente o eixo-comando de descarga é acionado diretamente por uma polia de força do motor; o movimento é retransmitido ao eixo-comando de admissão por uma engrenagem na outra extremidade. Tal recurso permitiu uma maior aproximação entre os dois eixos e, como conseqüência, um menor ângulo entre as válvulas.


O ângulo entre as válvulas do motor Fire é o menor do mundo – apenas 21°. A câmara mais compacta permite maior velocidade de combustão, melhorando consideravelmente o rendimento termodinâmico. Resultados: menor consumo e maior desempenho.


- Biela em aço C70. Optou-se por este material em vez do ferro. O aço reduziu significamente o peso da biela – em cerca de 40% –, proporcionando maior rendimento mecânico ao sistema.


- Central de injeção e ignição com tecnologia microhibrida. Mais leve e compacta, essa tecnologia simplifica a instalação e a manutenção do componente. O motor Fire 1.3 16V do Fiat Doblò possui sistema de injeção eletrônica multiponto “Speed Density” seqüencial fasada e auto-adaptável, com ignição eletrônica e controle de detonação ativo.


- Junta de cabeçote metálica. Ela diminui a deformação do cilindro com conseqüente redução no consumo do óleo.


- Tensionador automático da correia. Confere maior confiabilidade e durabilidade ao sistema, além de reduzir o nível de ruído. Ele possibilita a troca da correia dentada somente a cada 100.000 quilômetros.


- Coletores tipo “cross flow”. Neste sistema, os ciclos de admissão e descarga são realizados em lados opostos do motor, melhorando seu rendimento devido à refrigeração mais eficiente. Os coletores tipo cross flow também asseguram melhores partidas a quente.


- Bomba de óleo. Ela é comandada diretamente pelo eixo virabrequim, reduzindo o peso do componente e tornando a lubrificação mais eficiente.


- Tuchos hidráulicos. São empregados para manter a abertura das válvulas constante sem que haja necessidade de regulagem. Além disso, reduzem o nível de ruído emitido pelo motor.

O conforto dos ocupantes, em termos de ruídos e vibrações gerados pelo motor, também foi contemplado no projeto do Fiat Doblò. Alguns recursos foram adotados para tornar a experiência de viajar no Fiat Doblò ainda mais agradável:


- Suspensão baricêntrica do motor. Este recurso minimiza a transferência de vibrações do motor à carroceria. Ele é constituído por um sistema baricêntrico de suporte do motor. Os suportes são alinhados sobre um eixo passante pelo baricentro do motor, de modo a obter-se força de reação com braço nulo, o que reduz as vibrações do motor.


- Folga otimizada entre virabrequim e bloco. A folga é individualizada a cada motor, através da seleção computadorizada dos mancais.

MOTOR TORQUE 1.6 16V “CORSA LUNGA”

Esse motor é o mesmo que equipa o Fiat Brava. Ele privilegia o torque em baixas rotações e a economia de combustível, visando  sobretudo um melhor desempenho. Para incrementar seu rendimento volumétrico, o motor Torque 1.6 16V “Corsa Lunga” tem coletor de aspiração em plástico, que resulta em menor rugosidade interna, permitindo um enchimento mais uniforme da câmara de combustão.

Seu torque máximo é de 15,4 kgm. E sua ótima curva de torque torna o motor mais elástico: a partir de 1.500 rpm já se obtém um torque superior a 12,0 kgm – um aspecto importante, uma vez que esta é a faixa de rotação mais utilizada pelos motoristas.

Ele desenvolve potência de 106 cv a 5500 rpm e produz torque plenamente já em baixos regimes, melhorando a dirigibilidade e o desempenho do Fiat Doblò. Ele alcança 160 km/h de velocidade máxima e vai de 0 a 100 km/h em 12,4 s. Mas apesar da ótima performance, não deixou de ser econômico: faz 10,4 km/l na cidade e 13,9 km/l na estrada.

O motor Torque 1.6 16V “Corsa Lunga” também recebeu suspensão baricêntrica para minimizar a transferência de vibrações do motor à carroceria, aumentando o conforto a bordo.

Mecânica evoluída para um veículo moderno


Tudo no Fiat Doblò, da escolha dos materiais de revestimento aos menores componentes, foi projetado visando o conforto, a segurança e a confiabilidade. Com a mecânica não poderia ser diferente. Dela, afinal, dependem o desempenho do veículo em qualquer condição de rodagem e a integridade dos ocupantes nas situações mais críticas. Para o Fiat Doblò foram escolhidos sistemas robustos e duráveis, que proporcionam conforto aos ocupantes e reações rápidas frente a circunstâncias imprevistas. Assim, a experiência de dirigir ou viajar no Fiat Doblò torna-se ainda mais segura e aprazível.

SUSPENSÃO


Proporcionar segurança, conforto e estabilidade são as funções básicas de um sistema de suspensão. Ele deve permitir ao veículo encarar qualquer tipo de percurso, absorvendo sempre as irregularidades do piso (sem transmiti-las aos ocupantes) e mantendo o veículo firmemente plantado no solo com máxima aderência. Para o motorista, isso significa segurança na condução e confiança nas reações do veículo. Para os passageiros, um rodar macio e sem solavancos. O sistema de suspensão que equipa o Fiat Doblò faz exatamente isso, comportando-se de modo muito próximo aos automóveis de passeio convencionais.

Na dianteira, o Fiat Doblò possui um sistema com molas independentes tipo McPherson. Amortecedores e molas funcionam como elementos amortecedores e elásticos, estruturais e cinemáticos. Seus principais componentes são:


- Molas helicoidais tipo “side-load”. Descentralizadas em relação à linha do impulso proveniente das cargas do solo, elas reduzem as forças tangenciais sobre a haste do amortecedores, absorvendo melhor as irregularidades do piso, principalmente em curvas.


- Braços oscilantes com buchas dianteiras e traseiras alinhadas horizontalmente e rigidez diferenciada, absorvem as pequenas irregularidades do piso – ou seja, as vibrações transmitidas aos ocupantes – e ao mesmo tempo garantem absoluto domínio do veículo nas curvas.


- Travessa de aço de alta resistência projetada para suportar cargas particularmente severas e receber os braços da suspensão. Fica ancorada rigidamente à carroceria. É capaz de filtrar os ruídos de ingresso no habitáculo.


- Amortecedores hidráulicos telescópicos com duplo efeito (comportam-se de modo diferente na compressão e na distensão), para amortecer as oscilações verticais sem gerar ou transmitir ruídos e vibrações. A menor rigidez dinâmica do coxim e a maior rigidez da zona de fixação superior reduzem os ruídos que ingressam na carroceria.

Na traseira, o Fiat Doblò possui eixo rígido, molas semi-elipticas e barra estabilizadora transversal. Esta conformação é simples, robusta e de fácil manutenção. Ademais, a calibragem “soft” das molas semi-elípticas proporciona maior conforto aos ocupantes, não importam as condições do piso.

FREIOS


Segurança e reações precisas foram os principais parâmetros que nortearam a escolha do sistema de freios que equipa o Fiat Doblò. Na dianteira ele traz discos ventilados com 257 milímetros de diâmetro, para garantir a eficiência da frenagem, a resistência à fadiga, um menor desgaste das pastilhas e máxima confiabilidade. Na traseira, freios a tambor – de 228 mm de diâmetro –, com sapatas autocentrantes que recuperam a folga automaticamente. Essa disposição assegura um curso reduzido do pedal e seu funcionamento constante e confiável ao longo do tempo.

 
Para aumentar a eficiência da frenagem e exigir menor pressão no pedal, o sistema vem com servofreio de 9 polegadas.

Em todas as versões do Doblò há um corretor de frenagem com carga variável. Ele reparte com precisão a intensidade de frenagem sobre o eixo traseiro em qualquer condição de carga e reduz o espaço de parada. O corretor de frenagem é eletrônico quando o Doblò vem equipado com ABS.

O ABS, opcional disponível em todas as versões, possui quatro sensores ativos, quatro canais, uma central hidráulica, oito eletroválvulas e repartidor de frenagem EBD (Electronic Brake Distribution). O ponto forte do sistema são os sensores ativos, que processam dados relativos à velocidade das rodas (em vez de enviar esses dados à central) e podem ler valores próximos de zero – os sensores passivos não registram velocidades inferiores a 2,5 km/h.

O repartidor eletrônico EBD complementa o moderno sistema ABS. Ele subdivide a ação frenante entre as quatro rodas, impedindo o bloqueio das traseiras e assegurando uma resposta equilibrada do veículo em qualquer situação de frenagem. E mais: o EBD adapta a resposta do sistema às condições de aderência das rodas e à eficiência das pastilhas. Isso só aumenta a eficiência da frenagem ainda mais.

DIREÇÃO


A direção mecânica do Fiat Doblò EX (equipado com motor 1.3 16V) é bastante leve. Precisa e ágil, permite manobrar o veículo rapidamente e exige pouco esforço. O Fiat Doblò EX oferece direção hidráulica como item opcional, enquanto que na versão ELX ela é de série. Extremamente macia, oferece máxima comodidade e segurança na condução do veículo.

A tradição Fiat de segurança, sempre presente


Ponto de honra para a Fiat Automóveis é o alto nível de segurança presente em todos os seus modelos. O que existe de mais moderno e confiável sempre equipa os veículos fabricados pela montadora. E o Fiat Doblò, obviamente, não poderia ser exceção. Ele já sai de fábrica com uma gama completa de componentes que mantêm o motorista alerta, evitam acidentes e minimizam as conseqüências caso ocorra um.

A segurança que todos podem ver é saliente na carroceria do Fiat Doblò. O veículo chama a atenção por sua aparência robusta e protetora, evocando um refúgio seguro e sólido às agressões externas. E os detalhes, como os pára-choques envolventes e os frisos que protegem os faróis em pequenas colisões, só reforçam essa impressão.

Mas é na concepção e na estrutura do Fiat Doblò que mora a segurança. Tudo foi pensado para que motorista e passageiros façam um trajeto tranqüilo e sem transtornos, não importa quão caótico e estressante seja o trânsito, e que nada de ruim lhes aconteça caso sejam confrontados com uma situação de emergência.

Para assegurar que o motorista esteja sempre atento, pronto a reagir rapidamente se acontecer algum imprevisto, o habitáculo foi concebido para oferecer-lhe as melhores condições de condução. Isto é segurança preventiva. A ergonomia – do formato de seu banco e da posição de dirigir à disposição dos instrumentos e comandos –, a visibilidade, a climatização e até mesmo a qualidade do sistema de som são decisivas para não distrair a atenção do motorista, mantendo-o sempre alerta ao que acontece em seu redor. Em outras palavras, a alta qualidade de vida a bordo age a favor da segurança. E essa qualidade provém de um projeto cuidadoso e esmerado.

As soluções de engenharia e tecnologia empregadas na segurança ativa – que favorecem o controle do veículo em uma situação de emergência – são igualmente esmeradas. Passam pelos motores que oferecem excelentes acelerações e retomadas, pelas suspensões que garantem a estabilidade e a aderência ao solo e pelos freios que proporcionam paradas seguras e eficientes. Estes podem ser complementados pelo sistema ABS opcional.

Já em termos de segurança passiva, o Fiat Doblò oferece o que há de mais moderno para proteger o motorista e os ocupantes. Todos os seus componentes nasceram junto com o projeto do Fiat Doblò, foram testados à exaustão – em todos os tipos de acidentes, de choques frontais, laterais e traseiros a incêndios e capotamentos, e a diferentes velocidades de impacto – e aprovados segundo as mais rígidas normas vigentes na Europa. Ou seja, o Fiat Doblò é um veículo absolutamente seguro, colocado entre os melhores de seu segmento no que diz respeito à proteção dos ocupantes.

Entre os principais componentes de segurança passiva do Fiat Doblò estão:


- Carroceria. A dianteira e a traseira do Fiat Doblò foram projetadas para se deformar progressivamente, absorvendo a energia do choque para preservar o habitáculo. Pára-choques dianteiro e traseiro têm em seu interior travessas parafusadas. Elas são ligadas à estrutura da carroceria por elementos que também foram projetados para se deformar de modo controlado.
Ademais, o capô possui linhas de colapso pré-estabelecidas que, juntamente com os ganchos de retenção, impedem que ele invada o habitáculo durante um impacto.


A lateral, por sua vez, é reforçada. As portas, que possuem barras de proteção, são ancoradas à carroceria e os tirantes das fechaduras impedem que elas se abram inadvertidamente durante o impacto – depois, porém, os ocupantes poderão abri-las sem problemas.


A força de qualquer impacto, já amortecida por esses mecanismos de proteção, ficará ainda mais enfraquecida quando encontrar a célula de sobrevivência indeformável que preserva a integridade o habitáculo.


- Coluna de direção. Para evitar que o volante se choque com o motorista no caso de um impacto frontal, a estrutura da árvore inferior da coluna de direção é do tipo deslizante telescópica. E toda a área sob o painel de instrumentos traz reforços com alto poder de absorção de energia, protegendo as pernas do motorista.


- Cintos de segurança. Eles são retráteis de três pontos em todos os assentos laterais (com pré-tensionador nos dianteiros se o veículo for equipado com air-bag); no banco central traseiro o cinto será subabdominal de dois pontos se o banco for integral (conformação de série), ou retrátil de três pontos quando o banco traseiro for, opcionalmente, dividido.


Na configuração de sete lugares, os dois bancos suplementares trazem cintos de segurança subabdominais com retrator.


- Bancos. Os bancos dianteiros e traseiros possuem estrutura anti-submarining, com elementos transversais rígidos sob o assento. Sua função: impedir que os ocupantes deslizem sob o cinto de segurança caso haja um impacto.


- Apoios de cabeça. Os apoios de cabeça são de série, inclusive o do assento central traseiro. Todos trazem regulagem de altura para torná-los mais seguros e confortáveis. Os dois bancos suplementares (configuração para sete pessoas) também trazem apoios de cabeça reguláveis em altura.

 
Air-bag. Opcionalmente, o cliente pode equipar o Fiat Doblò com duplo air-bag. A capacidade do air-bag do motorista é de 45 litros; a do passageiro da frente é de 90 litros. Se não houver passageiro na frente, seu air-bag pode ser inibido acionando-se o dispositivo que fica dentro do porta-luvas.


- Fire Prevention System. Este sistema evita incêndios ao veículo em caso de impacto. Entre seus componentes estão o interruptor inercial, que bloqueia a bomba de combustível se houver um acidente, evitando vazamentos de combustível.


Fiat Code. Além da segurança para os ocupantes, há de se pensar também na segurança patrimonial – aquela que evita o roubo do veículo. Para tanto, o Fiat Doblò traz, de série, o Fiat Code de última geração que impede a partida do motor na ausência da chave original do veículo. No Fiat Code, o código secreto é modificado a cada nova partida do motor (rolling code), burlando a possibilidade de duplicação. O nível de segurança proporcionado pelo Fiat Code de última geração é máximo.

Ao inserir a chave no comutador de ignição, o sistema imobilizador é ativado. Uma antena alojada junto ao comutador solicita um código secreto, varíavel e criptografado, ao transponder. Se o código é válido, o body computer envia um sinal codificado que permite a partida do motor. Esta parte do processo acontece com a “aprovação” da centralina de controle do motor.

Chave desmodrômica. A chave do Fiat Doblò dificulta o roubo do veículo porque seu código permite mais de 10 trilhões de combinações.

Rádio. O rádio que equipa o Fiat Doblò é codificado pelo sistema VE.N.I.CE. Caso ele seja retirado do veículo, não poderá ser utilizado em nenhum outro carro: simplesmente não funcionará.

Versões para todas as exigências


O Fiat Doblò nasceu com a vocação de satisfazer o cliente. Não bastassem o design, o espaço interno, as motorizações, o conforto, a mecânica, a segurança e sua versatilidade inerente – que, em si só, já seriam suficientes para conquistar até mesmo os mais exigentes –, a multivan ainda chega oferecendo configurações que a adequam a qualquer uso, seja ele cotidiano ou de trabalho.

O cliente encontrará diversas opções para tranformar o Fiat Doblò em um veículo sob medida para as suas necessidades. Tanto as atribulações do dia-a-dia quanto as mais diversas exigências de trabalho – como o transporte de diferentes tipos de carga – serão resolvidas com a máxima praticidade e o mínimo de esforço no novo modelo da Fiat.

Opções como dois bancos suplementares (para transportar sete pessoas em vez de cinco) e a segunda porta corrediça lateral no Fiat Doblò para passageiros, ou vidros nas portas traseiras e parede divisória com vidro-vigia no Fiat Doblò Cargo, permitem que o cliente crie um veículo individualizado que corresponderá plenamente às suas expectativas.

Fiat Doblò para passageiros e Fiat Doblò Cargo saem de fábrica bastante completos, mas pode-se acrescentar ainda mais. Exemplo do air-bag duplo, do sistema antitravamento nos freios e do ar-condicionado.
 
   
FIAT DOBLÒ PARA PASSAGEIROS


A multivan da Fiat vem configurada para transportar cinco pessoas com o máximo de espaço e conforto. Acrescentando-se dois bancos suplementares na traseira (rebatidos para as laterais quando não estão em uso, permitem o total aproveitamento de espaço no compartimento de bagagem), ela leva sete pessoas sem o menor aperto. Esse item está disponível como opcional nas duas versões, assim como a segunda porta corrediça lateral.

 
A versão EX, equipada com motor Fire 1.3 16V, é a de entrada. Mas nem por isso economiza para oferecer conforto e segurança. De série, ela possui computador de bordo, banco traseiro rebatível, Fiat Code, Follow Me Home (os faróis permanecem acesos por um período após o desligamento do veículo), vidro traseiro térmico temporizado com limpador e lavador, luz traseira de neblina, pré-disposição para rádio, relógio digital, conta-giros, espelhos retrovisores externos com comando interno, tomada de 12V no painel (ao lado da alavanca de câmbio) e vidros climatizados verdes, além de todos os dispositivos Fiat para proteger os ocupantes em caso de acidente – entre eles FPS (Fire Protection System), barras de proteção nas portas, cintos de segurança retráteis de três pontos nos bancos dianteiros e nos traseiros laterais, pára-choques com absorção de energia e célula de sobrevivência.

Os opcionais exclusivos à versão EX incluem ar-condicionado, janelas dianteiras com acionamento elétrico e temporização, travas elétricas nas portas (mais luz-espia de porta aberta no painel e luz de cortesia temporizada), direção hidráulica e desembaçador com ar quente.

Já a versão top para passageiros, o Fiat Doblò ELX, sai de fábrica com todos esses equipamentos – e, claro, também com os itens que são de série na versão EX. A versão ELX traz, ainda, painéis de portas com porta-objetos, calotas integrais, barras longitudinais no teto, frisos protetores laterais e retrovisores externos pintados na cor da carroceria. Trata-se, portanto, de um veículo completo, que oferece um altíssimo nível de conforto para todos os ocupantes.

Como opcionais para ambas as versões há freios com ABS, air-bag duplo, banco do motorista com regulagem lombar, brake-light, faróis de neblina, rádio CD player com RDS, volante regulável em altura, retrovisores externos com comando elétrico, regulagem elétrica dos faróis e banco traseiro dividido (em 1/3 + 2/3) com cinto de segurança central retrátil – além dos dois bancos suplementares na traseira e da segunda porta corrediça lateral.

FIAT DOBLÒ CARGO


Funcionalidade, inteligência, versatilidade e grande espaço interno são os principais atributos da versão do Fiat Doblò destinado ao transporte de cargas. O novo comercial leve da Fiat Automóveis reserva diversas novidades muito práticas e atraentes para quem precisa de um furgão ágil, racional, econômico – e, acima de tudo, com área extremamente generosa para acondicionar carga.

O Fiat Doblò Cargo representa o que há de mais moderno e racional quando o assunto é trabalho, e ainda consegue conciliar conforto para os ocupantes e todas as características importantes em um furgão.

O modelo se adequa também a configurações sob medida: de acordo com as necessidades específicas do cliente, ele pode ser facilmente transformado para responder às mais variadas exigências.

 
Com as mesmas motorizações das versões para passageiros – Fire 1.3 16V e Torque 1.6 16V “Corsa Lunga” –, o Fiat Doblò Cargo oferece desempenho, economia e confiabilidade em qualquer situação. Mecanicamente, também, as versões para passageiros e carga são idênticas, mudando apenas a calibragem da suspensão traseira. Assim, ela se adequa às diversas solicitações de carga, mesmo que estas não sejam uniformemente distribuídas, mantendo o equilíbrio do veículo em todas as condições de direção.

Um veículo para encarar qualquer trabalho


O novo veículo comercial leve da Fiat foi criado sob medida para prestadores de serviços, empresas de manutenção, comerciantes, microempresários, artesãos, transportadoras e frotas – enfim, para aqueles negócios que dependem de fazer com que serviços, encomendas e cargas cheguem ao cliente. O veículo enfrenta com desenvoltura o trânsito pesado, as vagas de estacionamento apertadas, os horários rígidos e sucessivos carregamentos e descarregamentos que tais negócios implicam. Com o Fiat Doblò Cargo, as empresas estarão muito bem servidas.

A fatia de mercado que o Fiat Doblò chega para disputar – o segmento 1 – já conhece a tradição da Fiat Automóveis de criar veículos perfeitos para as funções que cumprem. Afinal, o Fiat Fiorino Furgão tem sido, há vários anos, o veículo mais bem-sucedido do segmento. Para se ter uma idéia, no ano passado ele abocanhou 66,4% das vendas dos furgões pequenos.

O Fiat Doblò Cargo chega para aumentar o leque de opções da marca neste segmento, atendendo, assim, às necessidades de públicos diferentes.

Generoso espaço com excelente acessibilidade


A capacidade do vão de carga é o aspecto mais importante em um veículo comercial, o principal fator motivador de compra. E o Fiat Doblò Cargo não desaponta: não só é o mais espaçoso modelo de sua categoria, como ainda oferece diversos recursos que tornam a operação de carregar e descarregá-lo muito mais cômoda e fácil, poupando as costas e a paciência de quem precisa fazer isso várias vezes ao dia. Suas principais características são:


- Volume. O Fiat Doblò Cargo oferece volume útil de 3,2 metros cúbicos, o maior da categoria.


- Superfície de carga. A superfície útil de carga do Fiat Doblò Cargo tem 2,2 metros quadrados. Os seis ganchos de retenção dispostos em locais estratégicos permitem a fixação da carga com segurança.


- Largura. A largura entre as caixas de roda é de 1,2 metro, a maior do segmento. O tipo de suspensão traseira adotada no modelo, que ocupa menos espaço nas caixas de roda, influiu diretamente nesse resultado.


- Altura. A superfície de carga está a apenas 53 centímetros do solo, reduzindo consideravelmente o esforço necessário para colocar e retirar objetos do compartimento de carga.


- Assoalho. Absolutamente plano e regular, proporciona o máximo aproveitamento do espaço útil e ajuda a acondicionar a carga com segurança. Seu revestimento de tapete de PVC é antideslizante.


- Porta lateral deslizante. Possui o maior vão entre todos os modelos do segmento, 68,5 cm, o que resulta na maior abertura disponível: 0,78 m². Essas medidas generosas facilitam imensamente as operações de carga e descarga, sobretudo quando se trata de objetos volumosos.


- Porta lateral deslizante suplementar. O Fiat Doblò Cargo oferece uma segunda porta lateral, o que o torna ideal para situações em que é preciso carregar e descarregar o veículo com rapidez. Permite localizar a carga em seu interior mais facilmente, além de proporcionar máxima acessibilidade.


- Portas traseiras assimétricas. Divididas em 2/3 no lado do motorista e 1/3 no lado do passageiro, as portas do Fiat Doblò Cargo oferecem a maior abertura da categoria – 1,46 m² –, tornando o acesso ao vão de carga mais cômodo. Em muitos casos é possível carregar e descarregar o veículo abrindo apenas uma das portas.

O conforto e a segurança de um automóvel de passeio


Apesar de ser um veículo comercial, o Fiat Doblò Cargo premia seus dois ocupantes com todos os recursos de conforto e segurança da versão para passageiros. Isso é muito importante, pois cumprir a árdua rotina do dia-a-dia sentindo-se bem-disposto torna o trabalho mais leve e eficiente. A posição de dirigir, o acesso aos comandos e a visibilidade externa e do quadro de instrumentos são iguais aos do Fiat Doblò para passageiros.

Em um veículo comercial, muitas vezes, conforto e segurança têm implicações um pouco diferentes das usuais devido às exigências específicas de uso. Assim, um item que é útil em um veículo de passageiros pode ser fundamental em um veículo comercial. O Fiat Doblò Cargo não deixa nada de lado, facilitando ao máximo a vida de seus ocupantes e tornando qualquer trajeto seguro e confortável.

O Fiat Doblò Cargo oferece, de série, diversos itens que o tornam ainda mais cômodo e funcional:


- Trip computer. É o primeiro veículo comercial leve a incluir esse equipamento de série em todas as versões. Suas funções: hodômetros parcial e total, consumo médio, autonomia, velocidade média e tempo de percurso. Com o computador de bordo, programar trajetos e horários e controlar o consumo de combustível tornam-se tarefas fáceis, aumentando a eficiência de qualquer negócio.


- Bolsa porta-objetos sob o teto. Para levar notas fiscais, documentos e mapas de modo acessível e prático.


- Alavanca de câmbio incorporada ao painel. As inúmeras trocas de marchas feitas ao longo do dia ficam mais fáceis e cômodas.


- Parede divisória em chapa. Cria uma barreira efetiva entre os ocupantes e a carga, evitando que, em caso de uma freada brusca ou colisão, a carga se desloque para a frente machucando as pessoas.


- Bancos reclináveis. Fundamentais para proporcionar mais conforto para as costas de quem faz força o dia inteiro.


- Apoios de cabeça com regulagem de altura. Aumentam o conforto e a segurança.


- Fiat Code. Para ninguém ter de se preocupar com a segurança do veículo – o patrimônio da empresa – ao deixá-lo estacionado sozinho.


- Follow Me Home. Ao parar o veículo em um local escuro, os ocupantes terão a segurança dos faróis acesos por três minutos, podendo ver onde estão indo e se há pessoas suspeitas por perto.


- Luz traseira de neblina. À noite, em más condições de visibilidade, evita colisões por trás e possíveis danos à carga.


- Retrovisores externos com comando interno. Simplificam a tarefa de encontrar a posição de melhor visibilidade dos espelhos, tornando manobras apertadas mais seguras.

Além desses itens, o Fiat Doblò ainda traz, de série, cintos de segurança retráteis com regulagem de altura, conta-giros, relógio digital, pré-disposição para rádio, todos os itens Fiat de segurança – como FPS, pára-choques com absorção de energia e barras de proteção nas portas –, vidros climatizados verdes e acendedor de cigarros. A versão top, Fiat Doblò Cargo 1.6 16V, vem também com direção hidráulica.

Entre os opcionais, o cliente encontrará itens que tornarão o Fiat Doblò Cargo ainda mais confortável e seguro. Exemplos: ar-condicionado, freios com ABS, air-bag duplo, banco do motorista com regulagem lombar, vidros nas portas traseiras assimétricas – que podem ser térmicos temporizados com lavador e limpador –, porta lateral deslizante suplementar, parede divisória com vidro-vigia, travas elétricas nas portas (com luz-espia de portas abertas e luz de cortesia temporizada), regulagem elétrica dos faróis, janelas dianteiras com acionamento elétrico e temporizador, volante regulável em altura e brake-light.

 
Suporte ao cliente em todos os cantos do Brasil


A Fiat acredita que o prazer de ter e de dirigir um Fiat Doblò deve continuar por muito tempo. Por isso, ela oferece uma variedade de serviços de pós-vendas que tornam a vida do cliente mais fácil – e asseguram que seu carro rodará por muitos e muitos quilômetros.


• Fiat on-line. Antes de fechar a compra, o cliente pode experimentar diferentes configurações de equipamentos no web site da Fiat Automóveis – www.fiat.com.br. Ele pode visitar o site na hora que quiser, com todo o conforto, em sua casa ou no trabalho. Na seção "Monte Seu Carro", equipa o Fiat Doblò e vê os preços dos itens antes de acertar a compra na concessionária.
Quando ele for à revenda comprar seu Fiat Doblò, escolherá a cor e todos os opcionais, e conhecerá de antemão o prazo de entrega.

• Concessionárias Fiat. No momento em que o cliente retirar o seu Fiat Doblò da revenda, passará a contar com uma vasta rede de assistência técnica. São 573 pontos de atendimento espalhados por todo o país, sempre prontos para atendê-lo no que ele precisar.


• Garantia. Todo Fiat Doblò conta com garantia de doze meses, sem limite de quilometragem, a partir da data da nota fiscal de venda. A garantia dá direito ao Confiat 24 horas (veja a seguir).

• Confiat 24 Horas. O cliente Fiat conta com atendimento 24 horas em todo o Brasil se o seu carro tiver pane espontânea, mecânica ou elétrica. Esse atendimento é válido enquanto o veículo estiver em garantia, seja ela normal ou estendida.

• Garantia estendida. O cliente pode, por meio do pagamento de uma taxa, prolongar a garantia de seu veículo por mais um ano. A garantia estendida lhe dá os mesmos benefícios da garantia original.


• Garantia de peças e serviços. Todas as peças substituídas e os serviços efetuados pela Rede Fiat têm garantia de doze meses (sem limite de quilometragem) a partir da data do serviço. A garantia de peças e serviços independe da garantia original ou estendida – ou seja, mesmo que o veículo já esteja fora do prazo de garantia, serviços feitos pela rede de concessionárias Fiat e as peças neles utilizadas contam com ela.

• Central de relacionamento: Para dar um suporte ainda melhor a seus clientes, a Fiat possui uma central de atendimento ao consumidor (0800-7071000) e uma área específica para atendimento em seu site (www.fiat.com.br).

• Fiat Fiel: O Fiat Doblò conta também com as vantagens do Fiat Fiel, o programa de relacionamento e fidelização baseado na concessão de descontos progressivos – em serviços e peças – à medida que o cliente vai realizando as revisões mecânicas programadas.

 

----